sábado, abril 13, 2024
InícioBitcoinGuia Completo: Declarando Bitcoin e Criptomoedas no IRPF 2024

Guia Completo: Declarando Bitcoin e Criptomoedas no IRPF 2024

Data

Relacionado

Bitcoin em 12/04/2024: Leves Movimentações no Mercado

O mercado de criptomoedas teve um dia relativamente calmo,...

Bitcoin Hoje: Indicador de Venda de BTC Atinge Maior Nível desde 2021

À medida que nos aproximamos do halving do Bitcoin...

Mineradores de Bitcoin Antecipam Halving com Vendas de Reservas

À medida que o halving do Bitcoin se aproxima,...

Bitcoin Hoje: Investidores de Longo Prazo Impactam Preço

Nesta terça-feira, 10 de abril, o Bitcoin (BTC) enfrenta...

Com o início do prazo para a declaração do Imposto de Renda em 15 de março, os investidores de criptomoedas se questionam sobre como declarar Bitcoin e outros ativos digitais no IRPF 2024. Neste ano, uma novidade envolve a obrigatoriedade de identificar altcoins e stablecoins de forma específica. Este guia visa esclarecer dúvidas e fornecer orientações para que os contribuintes cumpram suas obrigações fiscais de maneira eficiente.

Guia Completo: Declarando Bitcoin e Criptomoedas no IRPF 2024

Antes de Fazer a Declaração

Antes de iniciar a declaração, é crucial avaliar se você se enquadra nas situações de obrigatoriedade divulgadas pela Receita Federal. A instrução normativa para o IRPF 2024 destaca diversos cenários, desde rendimentos tributáveis até ganhos de capital com criptoativos. A Receita Federal desenvolveu um robô para ajudar os contribuintes a determinar a necessidade de declaração, disponível a partir de 15 de março.

Quem Declara é Obrigado a Pagar Imposto?

A obrigação de declarar não implica automaticamente a obrigação de pagar imposto. Para os investidores de criptomoedas, o pagamento de imposto ocorre apenas quando há lucro, sujeito a alíquotas progressivas que variam de 15% a 22,5%, dependendo do valor do ganho de capital.

Quais Informações Reunir Antes de Iniciar a Declaração?

Antes de iniciar a declaração, é essencial reunir documentos como comprovantes de renda, recibos médicos, extratos bancários e, especificamente para criptoativos, informações das corretoras ou exchanges. A Receita Federal receberá os saldos informados pelas corretoras nacionais em 31 de dezembro de 2023.

Fazendo a Declaração

Ao reunir toda a documentação necessária, inicie a declaração, baixando o programa disponível no site da Receita Federal a partir de 15 de março. Optar pela declaração pré-preenchida proporciona agilidade, priorizando a restituição, mas requer uma conta “gov.br” nível prata ou ouro.

Especificamente sobre Criptomoedas

Ao declarar criptoativos, informe os saldos na ficha “Bens e Direitos” com o valor de custo de aquisição em reais na posse em 31 de dezembro de 2023. Novidade este ano é a identificação específica de altcoins e stablecoins na declaração, exigindo o criptoativo da lista pré-formatada.

Cuidados Finais

Antes de enviar a declaração, faça uma revisão minuciosa para evitar erros. Envie dentro do prazo estabelecido até 31 de maio e guarde uma cópia para referência futura.

Conclusão

Essas orientações buscam simplificar o processo de declaração de criptoativos no Imposto de Renda 2024. Contudo, dada a complexidade de muitas operações, consulte um contador para garantir a correção das informações e o cálculo adequado dos impostos, proporcionando conformidade com sua situação patrimonial.

O último

Relacionado

Bitcoin em 12/04/2024: Leves Movimentações no Mercado

O mercado de criptomoedas teve um dia relativamente calmo,...

Bitcoin Hoje: Indicador de Venda de BTC Atinge Maior Nível desde 2021

À medida que nos aproximamos do halving do Bitcoin...

Mineradores de Bitcoin Antecipam Halving com Vendas de Reservas

À medida que o halving do Bitcoin se aproxima,...

Bitcoin Hoje: Investidores de Longo Prazo Impactam Preço

Nesta terça-feira, 10 de abril, o Bitcoin (BTC) enfrenta...