sábado, abril 13, 2024
InícioBlockchainPortugal Interrompe Coleta de Dados da Worldcoin de Sam Altman

Portugal Interrompe Coleta de Dados da Worldcoin de Sam Altman

Data

Relacionado

Solana Encontra Solução para Congestionamento

A equipe de desenvolvimento da Solana alcançou uma solução...

Surge a ‘DOGE da Solana’ com Valorização Expressiva

No universo das criptomoedas, uma nova "DOGE" surgiu na...

Congestionamento de Bots na Rede Solana: Desafios e Soluções

A rede Solana enfrenta uma crise de congestionamento, com...

Zeta Markets Anuncia Lançamento do Token Z e Airdrop na Solana

Nesta terça-feira (09), a Zeta Markets, uma exchange descentralizada...

O projeto de escaneamento de íris conhecido como Worldcoin, liderado por Sam Altman, enfrenta um revés significativo em Portugal. O órgão regulador de dados do país emitiu uma ordem exigindo que a empresa interrompa a coleta de dados por 90 dias, conforme relatos da Reuters divulgados nesta terça-feira.

Portugal Interrompe Coleta de Dados da Worldcoin de Sam Altman

Intervenção Regulatória em Portugal

O regulador de dados português, CNPD, tomou medidas para conter a coleta de dados biométricos da Worldcoin. A proposta da Worldcoin envolve o escaneamento de íris por meio de dispositivos chamados “orbes”, em troca de identificação digital e criptomoeda gratuita. O projeto atraiu mais de 4,5 milhões de inscrições em 120 países, segundo informações do site oficial.

Suspensão da Worldcoin em Portugal

O CNPD identificou um alto risco para os direitos de proteção de dados dos cidadãos portugueses, o que levou à suspensão imediata da coleta de dados no país. Mais de 300.000 pessoas em Portugal já haviam fornecido seus dados biométricos à Worldcoin. O regulador recebeu várias reclamações, incluindo relatos de coleta não autorizada de dados de menores e falhas na informação aos titulares dos dados.

Jannick Preiwisch, oficial de proteção de dados da Fundação Worldcoin, afirmou que a empresa estava operando em conformidade com todas as leis e regulamentos aplicáveis.

Mudança para “Custódia Pessoal”

Recentemente, a Worldcoin anunciou uma transição para um modelo de “custódia pessoal”. De acordo com relatórios do CriptoFácil, a empresa introduziu um serviço que permite aos usuários armazenar suas próprias informações biométricas em seus dispositivos, como smartphones. Isso concede aos usuários maior controle sobre seus dados, incluindo a capacidade de excluí-los conforme desejado.

Investigação e Críticas

Apesar dos esforços de conformidade e da mudança para “custódia pessoal”, a Worldcoin enfrenta investigações em múltiplos países e críticas de defensores da privacidade. Países como Reino Unido, Quênia e Espanha já emitiram alertas sobre as práticas de coleta de dados pessoais da empresa.

A CNPD suspendeu temporariamente a coleta de dados enquanto investiga reclamações adicionais, destacando a importância da proteção dos direitos de privacidade dos cidadãos em um cenário cada vez mais digitalizado.

O último

Relacionado

Solana Encontra Solução para Congestionamento

A equipe de desenvolvimento da Solana alcançou uma solução...

Surge a ‘DOGE da Solana’ com Valorização Expressiva

No universo das criptomoedas, uma nova "DOGE" surgiu na...

Congestionamento de Bots na Rede Solana: Desafios e Soluções

A rede Solana enfrenta uma crise de congestionamento, com...

Zeta Markets Anuncia Lançamento do Token Z e Airdrop na Solana

Nesta terça-feira (09), a Zeta Markets, uma exchange descentralizada...